Destaques

Vice-prefeito de Saquarema nega associação entre empresa familiar e benefício da Prefeitura

O vice-prefeito de Saquarema, Rômulo Gomes, se viu no centro de uma fake news que ganhou repercussão nesta sexta (18). O assunto da notícia falsa é a de que apenas o mercado de sua família, Rede Gomes de Supermercados, aceitaria o benefício do Cartão Família Saquaremense, pago emergencialmente pela Prefeitura de Saquarema.

Rômulo fez questão de desmentir a fake news, que foi reproduzida até mesmo por grandes grupos de comunicação. De acordo com o vice-prefeito, não há nenhum tipo de favorecimento a ele ou à empresa da família.

“Não é apenas o Supermercado Gomes que aceita o Cartão Família Saquaremense. O benefício, dado pela Prefeitura de Saquarema, é aceito em qualquer estabelecimento comercial da cidade. Ao contrário do que foi falado na rádio, nada foi direcionado a mim ou à empresa da nossa família. São mais de 40 anos de tradição, bons trabalhos e reconhecimento por toda a população”, disse.

Rômulo afirmou, ainda, que irá tomar providências para que a falsa notícia pare de circular. “Todas as medidas legais estão sendo tomadas por minha assessoria jurídica, bem como pela assessoria jurídica da Rede Gomes. Acredito na Justiça e espero que os responsáveis por essas mentiras, calúnias e difamações sejam exemplarmente responsabilizados”, afirmou.

“Trabalho diariamente com total transparência e tenho responsabilidade em cuidar dos munícipes. É de total importância que as mídias verifiquem a veracidade das informações antes de repassarem ao público, para que não se torne uma desinformação, assim como feita pela rádio”, completou o vice-prefeito saquaremense.

Cartão Família Saquaremense – Voltado para auxiliar quem está em situação de vulnerabilidade social ou dificuldade econômica por conta do Coronavírus, o “Cartão Família Saquaremense” pagará R$ 300 por até seis meses. Ele poderá ser utilizado na aquisição de gêneros alimentícios e medicamentos. Apenas moradores de Saquarema há três anos ou mais poderão ser beneficiados.

De acordo com a Prefeitura de Saquarema, terão direito ao valor os pais ou responsáveis de alunos matriculados nas redes municipal e estadual de ensino de Saquarema; ambulantes; taxistas e motoristas de aplicativo; artesãos, músicos e produtores autônomos de eventos; e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“Nesse momento de pandemia, muitas famílias estão enfrentando dificuldades financeiras. Por isso, investimos mais de R$ 27,5 milhões para beneficiar aproximadamente 20 mil famílias no município. Além de ser um auxílio importante no orçamento dos moradores, também significa um incentivo na economia da cidade”, explicou a prefeita Manoela Peres.

O post Vice-prefeito de Saquarema nega associação entre empresa familiar e benefício da Prefeitura apareceu primeiro em ErreJota Notícias.

Fonte: Destaque – ErreJota Notícias