Destaques

Anvisa autoriza definitivamente a vacina Pfizer/BioNTech

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou no fim da manhã desta terça-feira (23/02) que concedeu o registro definitivo à vacina Pfizer produzida pelo laboratório BioNTech.

A vacina é a primeira contra a Covid-19 a obter o registro sanitário definitivo no país, mas ela ainda não está disponível em solo brasileiro. O imunizante se chama Cominarty.

As duas vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil são a de Oxford e a CoronaVac, mas ambas têm autorização de uso emergencial, e não o registro definitivo. Já a Pfizer não inclui transferência de tecnologia de produção nos acordos de compra e, por isso, não será fabricada no Brasil. 

O pedido de registro definitivo da vacina havia sido feito pela Pfizer à Anvisa no dia 5 de fevereiro. O registro autoriza a importação da vacina para o Brasil.

Segundo a Pfizer, 2,9 mil voluntários participaram dos testes clínicos de sua vacina no Brasil. No mundo todo, foram 44 mil participantes em 150 centros de seis países, incluindo África do Sul, Alemanha, Argentina, Estados Unidos e Turquia. Os resultados da terceira e última fase de testes do imunizante, divulgados em novembro, apontaram eficácia de 95% contra o novo coronavírus (covid-19).

Veja nota da Anvisa na íntegra: 

“Como Diretor-Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, informo com grande satisfação que, após um período de análise de dezessete dias, a Gerência Geral de Medicamentos, da Segunda Diretoria, concedeu o primeiro registro de vacina contra a Covid 19, para uso amplo, nas Américas.

O imunizante do Laboratório Pfizer/Biontech teve sua segurança, qualidade e eficácia, aferidas e atestadas pela equipe técnica de servidores da Anvisa que prossegue no seu trabalho de proteger a saúde do cidadão brasileiro.

Esperamos que outras vacinas estejam em breve, sendo avaliadas e aprovadas.

Esse é o nosso compromisso.” Diretor-presidente Antonio Barra Torres

Entre as autoridades de referência pela Organização Pan-Americana da Saúde OPAS), a Anvisa é a primeira a conceder o registro de uma vacina Covid-19, com 7 (sete) locais de fabricação certificados, refletindo a dedicação, planejamento e compromisso da Agência com o combate a pandemia. O registro abre caminho para a introdução no mercado de uma vacina com todas as salvaguardas, controles e obrigações resultantes dessa concessão. Diretora Meiruze Freitas.

O post Anvisa autoriza definitivamente a vacina Pfizer/BioNTech apareceu primeiro em ErreJota Notícias.

Fonte: Destaque – ErreJota Notícias