Cidades

SG: Mulher é atingida por bala perdida enquanto assistia TV

Assistir televisão é um dos afazeres que está na rotina da maioria dos brasileiros. Uma atividade sem quaisquer perigos aparentes, que pode ser feita a qualquer hora do dia, por pessoas de todas as idades e classes sociais. Entretanto, na cidade de São Gonçalo, o que era para ser um momento de tranquilidade se tornou motivo de pânico, para uma moradora do bairro Covanca.

Nair Silva dos Santos, de 58 anos, estava sentada no sofá da sala de sua casa, na manhã desta segunda-feira (6), quando sentiu uma forte dor no peito. Ao olhar o motivo do incômodo, a surpresa: ela havia sido atingida por um tiro, cuja origem ela desconhece.

A partir daquele momento, Nair passou a viver momentos de pânico. Ela pediu socorro a conhecidos, que moram na região. Ela foi levada ao Pronto Socorro Central de São Gonçalo (PSCSG), que fica no bairro do Zé Garoto. De acordo com os médicos, ela está lúcida e orientada e tem estado de saúde estável. Ela foi atendida no setor de trauma e está sendo medicada.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada à unidade de saúde, a fim de apurar o fato. ocorrência. Em seguida, os agentes do 7º BPM, fizeram o registro na 72ª DP (São Gonçalo). A distrital abriu investigação e irá apurar a origem e as circunstâncias do disparo.

Questionada se, no momento em que Nair foi baleada, havia algum tipo de ação na localidade, a Polícia Militar, em nota, respondeu que “o 7º BPM (São Gonçalo), não fez operação na Covanca e também não recebeu nenhuma informação a respeito de ‘guerra’ do tráfico na região.”

Tiros a todo instante

De acordo com último levantamento da plataforma Fogo Cruzado, referente a fevereiro de 2021, a cidade de São Gonçalo ficou na vice-liderança, em todo o Grande Rio, no ranking de tiroteios, com 46 registros. O município do Leste Fluminense só ficou atrás da capital, Rio de Janeiro, que teve 221 casos. No total da Região Metropolitana, foram contabilizados 380 casos.

Em circunstâncias semelhantes a que Nair foi atingida, a missionária e cantora gospel Eunice Veiga, de 59 anos, morreu, no bairro da Amendoeira, em São Gonçalo, após ser atingida por uma bala perdida, no dia 12 de dezembro do ano passado. De acordo com a polícia, a vítima estava na cozinha de sua casa quando foi atingida no pescoço. Ela chegou a ser socorrida ao Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), mas não resistiu. O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios (DH).

Fonte: SÃO GONÇALO – A Tribuna RJ