Cidades

Itaboraí pode voltar a ter o Itaflores

Itaboraí poderá voltar a ter o Itaflores, o evento, que não é realizado há sete anos no município, está sendo organizado com o objetivo de beneficiar os produtores locais e contará com uma série de atividades, incluindo workshops, cursos e expedições para floristas. Atualmente, Itaboraí ocupa o primeiro lugar em produção de plantas ornamentais no Estado.

O objetivo é valorizar a produção municipal de flores e torná-la referência na região novamente, a Prefeitura de Itaboraí já começou a planejar a volta do Itaflores. Promovido pelas Secretarias Municipais de Agricultura (Semagri) e de Turismo e Eventos (Semtur), o tradicional evento pode retornar ao calendário da cidade após sete anos sem realização. 

Representando o prefeito Marcelo Delaroli, o secretário de Agricultura de Itaboraí, Abílio Pereira, deu início ao planejamento das ações, durante uma reunião na sede do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste), no Centro. Participaram do encontro, o diretor geral do Conleste, Hédio Mataruna, o representante do Emater-Rio, Paulo Cézar da Silva e a da FlorTec, Ana Paula Sá Leitão. 

 

Para o prefeito de Itaboraí, Marcelo Delaroli, o Itaflores é um evento tradicional no município e que não pode continuar esquecido. “Vamos retomar este evento tão importante para a cidade. Uma forma de fomentar a economia local, contribuindo com as vendas dos produtores locais e ainda divulgar seus produtos para todo estado. É com muita satisfação que iremos realizar este evento tão significativo para a cidade e para nossos produtores de plantas ornamentais”, frisou o chefe do Executivo.

O secretário municipal de Agricultura, Abílio Pereira, enfatiza que, diferentemente das outras edições, o Itaflores está sendo reformulado como um projeto de transformação deste mercado no município. Segundo o chefe da pasta, as ações não serão reduzidas apenas aos dias de evento. 

“Estamos montando um calendário de atividades voltadas ao ramo da floricultura que continuará ao longo dos meses. Será um marco na história deste mercado produtor em Itaboraí. Sabemos do potencial da nossa cidade e o Itaflores é uma forma de concentrar os trabalhadores, valorizar a produção local e dar oportunidades profissionais para que o setor continue crescendo”, afirmou o secretário. 

para auxiliar nos detalhes do planejamento, a reunião contou com a participação da responsável pela organização da primeira edição do Itaflores, a diretora da FlorTec, Ana Paula Sá Leitão. Direto de Holambra (SP), conhecida como a capital nacional das flores, ela relembrou a força da produção local itaboraiense.
“Tenho um carinho especial e muito grande por Itaboraí. Participei da primeira edição do Itaflores na cidade e fico feliz de ver a intenção de retomar um projeto como esse, tão importante para o nosso mercado produtor. Quero que aconteça o quanto antes e que cresça cada vez mais”, disse.

O post Itaboraí pode voltar a ter o Itaflores apareceu primeiro em ErreJota Notícias.

Fonte: Cidades – ErreJota Notícias